Saturday, September 23, 2006

Vem chegando as eleições... e vão se indo as esperanças!

É... dia 1º de outubro já está aí, batendo na porta. E eu, sinceramente, não tô nem um pouco afim de atender.


Sim, sim, amigos (?). Eis que é, quase, chegada a hora de sairmos do conforto de nossas casas em um domingo, que provavelmente será um dia bonito (ou um dia frio e chuvooso, o que é mais "animador" ainda para nos tirar de casa); domingo, que é o dia de nos revigorarmos para a semana que começa; domingo, que é dia de se recuperar da ressaca de sabado, ou de começar a fazer a ressaca de segunda; domingo, que é dia de não fazer porra nenhuma; domingo, que é dia... bom, 'dia de ficar sussegado, mas não! Eles querem que saiamos de nossas casas, oh, para irmos enfrentar filas muitas vezes quilométricas (é... nem tanto) debaixo do sol escaldante, tendo que enfrentar as mais adversas situações (quer coisa pior do que aquelas mulheres bem chatinhas que ficam falando de novela? ou senão aquelas pessoas que vem com papinho do tipo "em quem você vai votar?"), tendo que memorizar infindaveis números, e enfrentar a terrível tecnologia dos tempos modernos (terrível, pois suga muitos minutos de muitas pessoas...), e tudo isso em nome de algo que valha a pena? NÃO! ABSOLUTAMENTE NÃO!
Vamos as urnas, antes de tudo, forçados. Porque não nos perguntam se queremos votar? Só perguntam em quem iremos votar.
Mas antes, é claro, como é de praxe, temos que aguentar alguns meses de uma masturbação mental e de diarréias verbais que parecem não ter fim, vindas da boca de um bando de idiotas que acham que somos mais idiotas que eles (bom, alguns são sim...). Temos que aguentar uma poluição visual e sonora insuportáveis (a menos que você goste daqueles caminhões de som com candidatos "caipirões" falando "povo, voti ni eu, qui eu vo miorá a vida du ceis" o dia todo, ou daqueles santinhos, onde parecem-se fotos tiradas em DP's). E tudo isso calados, pois é um "Direito Constitucional". Só o deles né? E o nosso?
E ainda tem as promessas de sempre: "eu vou melhorar a saúde, a educação, os empregos, o lálálálá..." todo ano; mas as vezes isso muda, e aparece alguem que não fala do que vai fazer, mas sim do que fez; ou pior, quando fala do que um outro fez de errado. É um jogo de empurra onde quem perde, sómos unica e exclusivamente nós, os "bons cidadãos" que saímos de casa para votar nesses idiotas.
E esse ano, tem algo diferente: os "bons" falando dos "mals", os corruPTos. Já ouviram aquela expressão "o sujo falando do mal lavado"? É exatamente isso que acontece, pois um candidato hoje em dia não quer saber do povo, não quer ganhar para fazer algo pelo povo, ele apenas quer que outro candidato não ganhe; a mesma coisa com os partidos politicos, que em vez de se unirem para ajudar a melhorar essa pendenga aqui, ficam com um monte de picuinhas idiotas, sabe? E os "seguidores" fiéis, fazem o mesmo, disseminando assim uma discórdia completamente disnecessária. É a mesma coisa que o Galvão Bueno fez com os argentinos: ele falou que o Brasil é inimigo da Argentina, euma parte idiota do povo acreditou, e tem um certo ódio contra os argentinos. Nunca reparou não? Cara... você sabia que esse e-mail chegou pela internet né?
Tá aí outra coisa estúpida: patriotismo. Porque uma pessoa que nasce em um país é melhor que outra? Essa história toda de separar pedaços de terra e dizer que quem nasce aqui é melhor, deve ter sido coisa de gente do PSDB nas eras antigas, que não queria se misturar com a "gentalha". Sabe como é né...
Mas, voltando ao assunto...
É aquele pensamento que eu tenho comigo, sabem? EU creio que a politica é uma grande poça de lama: quem entra lá dentro, por mais que não queira, por mais que tenha as melhores intenções possiveis, acaba se sujando. E tem muita gente que fica ali em cima observando que se suja também, hein, muitas vezes mais do que quem está lá dentro.
Eu, depois de alguns acontecimentos sentidos na pele, percebo que a politica NUNCA vai dar futuro para o Brasil, sabem? Não tenho mais a minima confiança na politica, após tervisto e sentido na pele mentiras, inveja, e outras coisas que não convém ficar falando. Ou melhor, sonvém sim: é politico safado que vem aqui fazer promessa na sua cara para ganhar voto, é politico eleito que faz o mesmo, é politico que não quer "concorrencia", enfim.
É aquilo: não gosto da esquerda, e odeio a direita.
Pra mim, a única esprança em melhora nessa budega aqui se chama P O V O. Só quando o povo perceber que nesse país, NADA está ao lado dele, e se rebelar contra tudo, aí quem sabe, algo não melhora?
Justiça? Qual?
Direito? Só existe para garantir que os mais fortes sempre esteja por cima. Aqui, me desculpem, mas falo com algum conhecimento de causa.
Politica? É safadeza remontada sobre safadeza, dando cria a safadeza.
Religião? Nào é só o ópio do povo, como disse Marx, mas também é a cocaina que na primeira cheirada dá paralisia cerebral, e te deixa em estado vegetativo pelo resto da vida. Uma coisa: você, católico, que fez a tal da primeira comunhão, fez porque gostava, ou porque tava na "idade de fazer"? Sinceramente?
Televisão? Eu limpo a bunda coma televisão. Aliás, não faço isso não, pois pode me infeccionar partes que são mais limpas do que certas pessoas involvidas nesse treco aí.
Escola? A escola não forma, ela deforma, te tranforma num retardado que só decora fórmulas estúpidas e idiotas, te mostrando que número é importante, dinheiro é importante. É safadeza demais.
Vou votar nulo sim. Só não vou deixar de votar, porque pretendo fazer algumas coisas que usam essa coisa idiota chamada "Titulo de eleitor" que poderia muito bem se chamar "Titulo de idiota". Não, acho que isso conseguimos quando nos formamos em Direito...
É por isso que lhes passo a lista de votos, anotem e votem:

Deputado Federal? 0000
Deputado Estadual? 00000
Senador? 000
Governador? 00
Presidente? 01 - esse partido tem boas propostas.

Lhes peço desculpa pelo sioncero desabafo, mas tem horas que eu me canso de ver uma nação (?) sendo feita de idiota, e batendo palmas pro senhor do engenho.
E termino com uma coisa: Se chamam de omissão votar nulo, e dizem que nada resolve, de que resolve votar nos mesmos idiotas, safados, mentirosos e corruptos de sempre, que de nada fazem, senão nos ludibriar? De que vale votar no "menos pior"? De que vale acreditar em mentiras?
Já disse J.J. Russeau: "Ninguem pode representar a vontdade de ninguém".
E assim me vou...

1 Comments:

Anonymous Michel said...

salve, salve
ainda bemmmmmmmmmmmmmmmmm.. he he truta eu num vo vota.. tenho 16.. entao voto ñ é o brigatorio a mim.
Pra mim e outros com menos d 18 q poco se lixam com esta bosta, q no final da na mesma, bosta por bosta; ficaremos d piao ou goma d boa. He
Mas se eu fosse votar meusvotos seriam
lula;
suplicy;
se pá aliado g.
e o resto BRANCO!

porra sempre a msm bosta.
enquanto houver capitalismo e tal, nao havera paz, nao havera uma sociedade decente..
ae truta liga noiz
paz, t+

27/9/06 20:26  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home